• Ávila

Você confia nas cordas?


Corda - Cerrado Vertical
Jaqueline Ávila - Rapel Cerrado Vertical

As cordas estão sempre presentes como auxiliares responsáveis pela conquista de várias situações em que o homem sozinho jamais ousaria desafiar, são a alma das atividades em ambientes verticais. Com uma função tão digna e importante, é claro que seriam no mínimo, especiais.


Existem uma infinidade de cordas e materiais de fabricação, porém aqui vamos tratar apenas das que utilizamos em nossas atividades.


Do que são feitas ?

Em sua maioria as cordas certificadas para serem utilizadas no meio vertical são fabricadas de poliamida (nylon) o que garante uma boa resistência ao impacto, a tração e a abrasão que por ventura possam ser submetidas.



Tipos

Corda Semi-estatica Petzl - Parallel de 10,5mm

Corda Semi-estaticas:

Corda com baixa elasticidade (cerca de 2%) são ideais para descidas (rapel) e montagem de sistemas onde o dinamismo e elasticidade não são adequados.







Corda Dinâmica
Corda Dinâmica

Corda Dinâmica:

Utilizada mais comumente por escaladores ou em auto-segurança (longe/cabo-vida).


Possuem cerca de 6% a 10% de elasticidade que lhe confere absorção de impactos em quedas







Qual sua resistência ?

Pegando como base uma das cordas que utilizamos em nossas atividades, a corda Petzl - Parallel de 10,5mm com carga de ruptura de 27 kN o que guardada as devidas conversões equivaleria a cerca de 2.753 kg. (comparação meramente exemplificativa)


O diâmetro da corda (bitola) varia muito da sua utilização, para a pratica esportiva de canionismo utiliza-se muito, cordas de 9mm a 10mm, devido ao seu peso reduzido e baixa absorção de água.


A resistência ao atrito varia muito de marca, trama, material, entre outros. Em geral uma corda com a trama muito apertada tende a ser mais resistentes a abrasão, porém acaba sendo muito dura e difícil de manipular. Logo uma corda com a trama muito espaçada é mais maleável, em contra partida perde em durabilidade, sofrendo mais com o atrito.


Vida útil

Mesmo com todos os cuidados, sua corda é composta de fibras sintéticas que são agredidas e enfraquecidas por diversos fatores. A vida útil de uma corda não deve ultrapassar 5 anos, mas a frequência de sua utilização, abrasão, raios ultravioletas e umidade podem diminuir gradualmente sua resistência. Logo, construímos o seguinte quadro:



Continua

O assunto sobre cordas é muito extenso, hoje ficamos por aqui, com esses conhecimentos espero ter passado uma maior segurança para você praticante e despertado o interesse.


Vamos continuar conversando sobre esse assunto muito em breve. Forte Abraço Cerrado Vertical

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo